Grande cidade elege prefeito muçulmano e agora é campeã de ataques de ácido

Parece que o efeito colateral islâmico está realmente havendo numa grande cidade que elegeu como presidente um muçulmano.

Sadiq Khan, prefeito de Londres, ficou infame por sua declaração de que o terrorismo é simplesmente “parte integrante da vida numa cidade grande.”

E sob a liderança de Khan, há outra parte da vida numa cidade grande que virou rotina — índices criminais elevados.

Por exemplo, crimes com armas de fogo em Londres subiram 15 por cento, os homicídios subiram 25 por cento, inclusive uma explosão em homicídios de jovens de 70 por cento, e roubos aumentaram mais de 25 por cento.

O ano de 2017 terminou em Londres com quatro assassinatos por esfaqueamento, com um homem morrendo nas primeiras horas de 2018 e se tornando a primeira vítima do ano novo. Khan afirma que trabalhará “incansavelmente em 2018 e nos próximos anos para erradicar essa praga,” mas o histórico passado dele não é animador.

De acordo com as próprias estatísticas da prefeitura de Londres, a criminalidade subiu de 2016 a 2017, inclusive nas categorias de furto, roubo, arrombamento, crimes de facas e crimes de armas de fogo. Khan foi eleito prefeito em maio de 2016.

Crimes de faca aumentaram 30 por cento e a cidade registrou um aumento em crimes de ódio em quase todas as categorias.

Entre os crimes mais horríveis em Londres estão os ataques com ácido, que têm subido exponencialmente desde 2014. Houve 431 ataques desse tipo registrados em 2016, e a polícia relata que se tornou a tática de primeiro recurso de algumas gangues.

Ataques de ácido parecem ter também uma correlação com a grande população muçulmana em algumas áreas de Londres.

De acordo com Daniel Greenfield na Revista FrontPage:

Newham é o bairro de Londres com o número mais elevado de ataques de ácido. Tem também a percentagem mais elevada de mulçumanos na Inglaterra. 398 ataques de ácido ocorreram em 5 anos nesse bairro que é chamado de “o bairro mais etnicamente diverso da Inglaterra e Wales.” 33% de Newham consiste de pessoas que têm passaportes estrangeiros…

O lugar com o terceiro lugar com maior número de ataques de ácido é o bairro de Tower Hamlets, que é uma zona muçulmana onde é proibido não muçulmanos entrarem. Tem uma das menores populações britânicas étnicas da Inglaterra. 35% da população são muçulmanos. A maioria deles é de Bangladesh com vários somalis da África.

Houve 84 ataques de ácido no que é apelidada de “A República Islâmica do Bairro de Tower Hamlets… o Bangladesh [islâmico] tem o índice mais elevado de ataques de ácido do mundo. Mas se você sugerir que essas duas estatísticas têm relação, a polícia de Londres abrirá um inquérito contra você por crime de ódio.”

Stephen Timms, parlamentar trabalhista, afirmou que Londres agora tem mais ataques de ácido por pessoa do que qualquer outra cidade do mundo. Ele pede que a venda de ácido se torne ilegal para pessoas acima de 21 anos. Jim Shannon, parlamentar do Partido da União Democrática, defende que os ataques de ácido sejam tratados como tentativa de assassinato.

Partes de Londres viraram “zonas proibidas” para motoristas de veículos de entrega que têm medo de ataques de ácido. Motoristas agora param de trabalhar depois do pôr-do-sol, dispostos a aceitar cortes no salário se isso significa evitar o perigo cada vez mais presente nas ruas de Londres.

Enquanto isso, Khan vem pedindo para que o governo britânico cancele uma visita planejada do Presidente Trump ao Reino Unido porque as políticas de Trump “vão contra tudo o que defendemos.”

Traduzido por Julio Severo do original em inglês do WND (WorldNetDaily): Major city gets Muslim mayor, now tops in acid attacks

Fonte: www.juliosevero.com

Facebook comentário
About Paulo Gustavo 541 Articles

Bogueiro que nasceu com lábio leporino e que tenta conviver com isso em paz, mas é difícil e que ama ficar navegando na internet durante horas e que adora ler e ouvir músicas de todos os tipos, desde que seja boa de se ouvir e que faça sentido e adora ver filmes.
Gosto de ler sobre política, mas não tenho partido. Gosto de ler sobre o mundo religioso, mas não tenho religião e nem sou ateu. Também não sou de outro mundo (risos). Tenho minhas posições.
Criador do blog http://www.blogpaulogustavo.com.br onde posta as principais notícias do mundo religioso e que posta (às vezes), seus comentários. Também é administrador do Blog http://megaestranho.com que posta curiosidades e terror. Sou uma pessoa que compartilha informações.


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/u228377866/public_html/wp-includes/functions.php on line 3838